Cuidados na hora de contratar um consórcio

Publicado por Jeniffer Elaina da Silva

Cuidados na hora de contratar um consórcioSeja para comprar carros, imóveis ou outros itens, a maioria dos brasileiros tem recorrido a opção de contratar um consórcio. Este é um ótimo recurso, mas é necessário estar atento aos riscos envolvidos neste tipo de procedimento, sobretudo com relação a empresas com propagandas falsas e os juros e pagamentos abusivos. Leia mais detalhes sobre este assunto a seguir e veja os cuidados para se proteger deste tipo de perigo e realizar a sua compra com segurança.

Erros comuns ao contratar um consórcio que você precisa conhecer, 😉

Aspectos a serem levados em conta na hora de contratar um consórcio

A primeira coisa a ser feita antes de contratar um consórcio é pesquisar bem a empresa em que será feito o acordo e procurar se esta tem registro no banco central. Além disto, é preciso ter em mente que esta não uma opção para quem tem pressa, até porque não existe uma data determinada para você receber o dinheiro em questão. Deste modo é preciso considerar bem suas opções e necessidades, e só depois ver se vale a pena fazer uso deste recurso.

Outro detalhe importante é ficar de olho nos golpes que podem aparecer disfarçados de boas oportunidades de consórcio. Muitas empresas podem realizar promoções excelentes para os clientes, mas estas podem ser falsas e praticarem estelionato. Por isto é de vital importância verificar o registro do local que está oferecendo empréstimo, pois estes trabalham dentro da lei e permitem o pagamento de dívidas sem juros abusivos e conforme seu contrato.

Dados e informações relevantes

Somente no ano de 2013, as vendas de consórcios para a compra de carros e motos por parte dos brasileiros subiu 25%. Um dos motivos para este aumento está no fato de que as parcelas a serem pagas são bastante baixas e possuem flexibilidade. Além disto, este recurso também é bastante utilizado para a aquisição e imóveis, e até mesmo para outros fins como festas de casamento, cirurgias plásticas e viagens, entre outros.

Tenha em mente que mesmo que os juros não sejam muito altos, é preciso pagar uma taxa de cerca de 20% do valor do consórcio na hora de sua contratação. Por isto planeje suas finanças com antecedência, e ter a certeza de que será possível pagar pelo que lhe for cobrado de uma maneira eficiente e definitiva. O segredo e avaliar todas as suas possibilidades e priorizar as que são mais importantes no aspecto financeiro. Assim será mais fácil evitar problemas.

Assim como em qualquer outro aspecto que envolva finanças, o ideal é fazer as escolhas certas e garantir que você não vai se complicar com dívidas futuras ao contratar um consórcio. Se tiver qualquer dúvida com relação a este processo, procure um profissional qualificado para lhe prestar informações e certifique-se de contratar um serviço honesto e competente, pois muitas pessoas enfrentam situações complicadas por deixarem de lado este fator.

Por isto siga estas dicas e aproveite para fazer as suas maiores e mais importantes aquisições com a ajuda de um empréstimo. Além de facilitar suas despesas, o pagamento deste recurso também pode ser feito de maneira flexível e facilitada.

Veja como funciona um consórcio de apartamento e anote nossas dicas, 🙂

Atenção aos prazos de duração

É fundamental que você se atente aos prazos de duração do seu contrato na hora de contratar um consórcio, conforme o Idec informa. Este varia de acordo com o bem de cada grupo, como:

  • De 50 a 60 meses para automóveis, utilitários e caminhonetas.
  • Até 100 meses para ônibus, caminhões, tratores, máquinas e equipamentos agrícolas, equipamentos rodoviários, aeronaves e embarcações.
  • Até 36 meses para serviços turísticos.
  • Até 180 meses para imóveis.
  • De 24 a 60 meses para eletroeletrônicos.
  • 60 meses para os demais bens.

Outro ponto muito importante para ser considerado é o direito de livre escolha que os consumidores têm, em relação aos consórcios. Ou seja, o contemplado poderá escolher por um bem diferente do que está no contrato, já que ele terá um crédito equivalente ao valor que está no contrato.

Além disso, o consumidor é quem escolhe o vendedor ou fornecedor desse bem.

E se a empresa falir?

Para consórcio, o consumidor não possui uma garantia de Fundo Garantidor de Crédito, portanto, será preciso a habilitação de crédito com o liquidante. Portanto, ao optar por um consórcio você precisa pesquisar sobre a empresa que deseja contratar. Busque informações com pessoas conhecidas que já fizeram esse tipo de aquisição e também em sites especializados, como o Reclame Aqui.

Aproveite as nossas dicas antes de comprar a sua moto por consórcio, 😉

Atente-se a alguns cuidados na hora de contratar um consórcio

Além de conhecer bem a empresa que você vai contratar, é preciso ficar atento também a:

– Adesão

Leia atentamente o seu contrato, pois a hora da adesão é muito importante para os consumidores. Se tiver alguma dúvida, não deixe de perguntar e saná-la antes de assinar o contrato. Lembre-se de que é lá que estarão as condições da operação do seu consórcio, bem como seus deveres e direitos, assim como da empresa que contratou.

– Participe das assembleias

É muito importante que você acompanhe as movimentações do seu consórcio, participando das assembleias. Assim, você estará por dentro das contemplações e a total movimentação financeira do seu grupo. Além disso, se perceber qualquer inconsistência, poderá sujeita a administradora à fiscalização do Banco Central. Lembre-se de que esse é um direito seu e visa apenas o benefício do seu grupo.

Outro ponto importante é estar garantido de que os recursos do seu grupo sejam destinados apenas para o atendimento em contrato do grupo de consórcio.

Conheça as principais vantagens e desvantagens de um consórcio.


Tag:

Categorizados em:


Comentários estão fechados.