November 22 2012

Guilherme da Luz

Consórcio BB – Consórcio Banco do Brasil

Os negócios por meio da modalidade consórcio atraem cada vez mais brasileiros. A quantidade de pessoas que usaram consórcio para comprar veículos leves, a modalidade mais utilizada, aumentou 20%: passou de 1,5 milhão em setembro de 2011 para 1,8 milhão no mesmo mês de 2012.

A quantidade de pessoas que usaram o consórcio para comprar imóveis cresceu 9% em relação a setembro de 2011: passou de 610 mil para 665 mil. Para o mercado de automóveis o consórcio também é importantes e corresponde a 12,9% das vendas no mercado interno de veículos leves e de 43,6% na comercialização interna de motocicletas. E tudo isso começou lá no início da década de 1960, pelos funcionários do Banco do Brasil, por meio da AABB – Associação Atlética Banco do Brasil, que, além de criá-lo, encarregou-se de disseminá-lo por todo o País.

O objetivo daqueles primeiros consorciados foi o de facilitar a aquisição de veículos, tanto para escoar a produção de veículos e eletroeletrônicos das fábricas, escoar os estoques dos revendedores e viabilizar o acesso dos consumidores brasileiros em uma época em que os poucos bancos existentes no País destinavam linhas de crédito para a indústria e para o comércio e não para o consumidor. Nesse mercado que só cresce o BB Consórcios é destaque, sua carteira de clientes aumentou30 % em agosto último em relação ao mesmo período de 2011. Houve também crescimento de 27% de cotas ativas na comparação entre o mesmo intervalo avaliado.

O número de consorciados ativos alcançou 400 mil no mês de agosto. Cerca de 20% desse total, ou o equivalente a 80 mil cotas, foram vendidos somente no primeiro semestre de 2012. São pessoas que querem realizar seus sonhos de consumo de forma programada, pagando sem juros e com a garantia do recebimento do bem.

O BB Consórcio oferece cartas de crédito para bens móveis, como veículos de passeio e utilitários, veículos pesados, embarcações marítimas, motos e eletroeletrônicos. Um dos destaques nesse segmento é o consórcio de automóveis, em que o Banco do Brasil registra crescimento de 33% nos últimos 12 meses. “Esta alternativa possibilita inclusive às classes “D” e “E” comprarem modelos a partir de R$ 15 mil, com taxa de administração mensal de 0,15% pelo prazo de 75 meses.

O BB Consórcio lançou grupos para a compra de imóveis oferecendo opções com cartas de crédito entre R$ 350 mil e R$ 700 mil, com prazos de até 200 meses e taxas de administração atraentes de 0,84% ao ano durante a vigência das cotas para imóveis de valor superior a R$ 350 mil e 1,02% ao ano para cartas de crédito entre R$ 30 mil e R$ 300 mil.

Autor do artigo: Rosângela Lotfi.

Sobre o autor: Guilherme da Luz

Guilherme da Luz, redator e tradutor, nascido em Florianópolis. Formado em Comunicação Social pela Universidade do Sul de Santa Catarina, já trabalhou em várias agências de propaganda em Santa Catarina e como freelancer, em Londres. Traduziu e segmentou campanhas publicitárias para o Brasil para clientes como YouTube, Wella, Chevrolet, Volvo, Sotheby's e Benetton. Participou também da organização dos Festivais Cannes Lions e D&AD.

Muitos leitores realizaram a cotação do seu Seguro Auto através de nosso site!

Preencha o nosso formulário e receba grátis as melhores propostas.