Compras por consórcio podem ser até 40% mais baratas

Publicado por Jeniffer Elaina da Silva

Compras por consórcio podem ser até 40% mais baratasO sonho da casa própria, ou do sempre cômodo veículo, para o trânsito do dia a dia, pode ser mais caro do que se espera. Isso porque os juros costumam ser o pesadelo de qualquer boa noite de sono.

Hoje em dia, é possível presenciar parcelas com juros que ultrapassam os 12% do valor total do bem pretendido. Dessa forma, muitos adiam a aquisição desejada ou embarcam na loucura de lutar contra o acúmulo de dívidas ao longo dos meses.

Por isso, a opção de consórcio tem sido uma excelente escolha, dependendo do perfil do consumidor e o período em que pretende realizar a compra do imóvel ou veículo.

Como funciona o consórcio

Para compreender melhor, o consórcio nada mais é que um sistema no qual se reúne pessoas físicas e jurídicas com um objetivo em comum – adquirir determinado bem – em um prazo estipulado.

No intervalo desse período estipulado por quem optou pelo consórcio, sorteios mensais são realizados. Caso a pessoa seja a felizarda, ela pode receber o bem escolhido de forma antecipada, e pagar as parcelas seguintes como se fossem prestações comuns de um financiamento (mas sem a presença dos temidos juros – somente a taxa de administração).

Agora, se não for contemplado nos sorteios, não tem problema, também. Todos aqueles que realizaram o consórcio recebem o valor que foi “adquirido” mês a mês.

Por que estão optando pelo consórcio?

Muito simples. Os juros exorbitantes, as parcelas sem fim e o custo de iniciar um financiamento são apenas algumas das questões que fazem com que o consumidor escolha o consórcio.

“Além de ser uma maneira de fugir dos juros e altos custos de financiamento, o consórcio contribui para uma maior disciplina financeira, já que o cliente passar a montar uma espécie de ‘poupança’ para uma compra planejada”, é o que diz o diretor do Consórcio Viwa, Robson Subtil de Amorim.

Como se não bastassem as vantagens comparadas com o financiamento tradicional, o consórcio oferece taxas mais acessíveis ao consumidor (por exemplo: o crédito para adquirir um carro de R$ 45 mil é 40% mais barato do que a opção de financiamento), o que facilita as prestações de contas mensais.

Outra vantagem é que, como dinheiro do consórcio em mãos, o consumidor ganha mais força no poder de barganhar. “Caso consiga um desconto, o dinheiro pode ser devolvido ao consorciado ou, no caso de ainda haver parcelas a pagar, abatido do debito com o consórcio”, explica Amorim.


Tag:

Categorizados em:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.