Como funciona o consórcio para MEI

Publicado por Jeniffer Elaina da Silva

Você é microempreendedor individual e precisa de dinheiro para investir? Quer comprar algo para sua empresa, mas não sabe como conseguir os recursos? Conheça como funciona o consórcio para MEI e veja seus problemas acabarem.

A formação de consórcios entre entes públicos, como ferramentas de atividades específicas e consecução de objetivos de interesse comum, é algo que cresce a cada dia no Brasil.

Você que é MEI e busca algum dinheiro para realizar sonhos, pode estar com uma oportunidade a frente.

Veja como funciona o consórcio para MEI e saiba o que ele pode fazer por você.

Como funciona o consórcio para MEI

Imagem: Getty Images

O consórcio para MEI funciona, como é?

MEI é o microempreendedor que tem faturamento de até R$ 60 mil por ano.

Caso essa seja sua situação, saiba que pode fazer um consórcio para investimento.

Nele, você vai encontrar pessoas em situação similar que usam dessa modalidade para aquisição de algum bem, ou mesmo como uma espécie de poupança.

No consócio para MEI você pode ser contemplado de duas formas: por meio de um sorteio realizado mensalmente ou apresentando um lance que corresponda a um percentual do valor do bem desejado.

A carta de crédito fica com quem apresentar a maior proposta.

O consórcio para MEI é interessante, pois, é possível utilizar o crédito para adquirir um objeto relativo ao plano, ou outro de sua escolha, bem como para a liquidação de financiamento próprio, sempre respeitando segmento que consta no contrato de adesão e os termos do regulamento.

O consórcio para MEI não diferente muito dos demais, quando se analisa em forma geral.

A principal distinção é o estabelecimento de um grupo de investidores integrado por microempreendedores individuais.

Todo o processo é estruturado e organizado por uma instituição imparcial em relação a que o grupo, tendo o bem comum dos consorciados como principal preocupação e a forma com que eles devem chegar ao objetivo.

Como posso participar de um consórcio para MEI?

Para que possa participar de um consórcio para MEI é preciso primeiro buscar por uma administradora que ofereça esse serviço.

Existem muitas no mercado, mas, é importante procurar saber a reputação delas.

Após encontrar uma empresa, entre em contato com ela e informe que deseja entrar em um consórcio e qual será o valor da carta de crédito que precisa, ou seja, a quantia de dinheiro que pretende conseguir para investir.

Em algumas situações você pode direcionar o consórcio para MEI para uma finalidade específica como compra de veículo, compra de maquinário ou outros.

Conforme o valor, serão verificados grupos já existentes ou em formação com características parecidas.

A partir desse ponto a administrado poderá te informar a validade do consórcio, valor das parcelas e outras informações para que possa contratar.

Ao entrar no grupo estará participando do consórcio, então é só pagar as parcelas em dia e esperar para ser contemplado.

Fui contemplado, posso comprar o que quiser?

Não. É importante entrar em um grupo de consórcio que atenda às suas necessidades, pois, a maioria das administradoras não permite que a carta de crédito seja usada para outra finalidade senão a contratada.

Por exemplo, se entrou em um consórcio de veículos, a carta de crédito deverá ser usada para comprar um carro ou moto.

Se foi para a compra de maquinário, essa deverá ser a finalidade.

Portanto, poderá comprar apenas o que a carta de crédito permitir, sendo que ela poderá ser dada como pagamento total ou parcial do que será comprado.

O consórcio para MEI é seguro?

O consórcio para MEI é seguro, pois, é regido por contrato e administradora provê o necessário para que o compromisso seja cumprido.

Ao concordar com os termos vigentes, as partes se obrigam a cumprir e a respeitar as cláusulas nele estabelecidas.

Dificilmente ele causa algum problema para quem arcar com aquilo que foi contratado.

Quais as vantagens do consórcio para MEI?

Existem alguns pontos que tornam o consórcio para MEI bastante vantajoso, veja quais são:

Taxas baixas: no consórcio não existe cobrança de juros, apenas a taxa de administração o que faz com que os custos sejam baixos.

Possibilidade de comprar à vista: tendo a carta de crédito em mãos terá dinheiro para comprar à vista, isso permite que consiga melhores preços.

Planejar uma compra: como a contemplação pode demorar para sair, poderá se organizar para programar compras futuras e ir juntando o dinheiro aos poucos.

Manter o valor da carta atualizado: como os bens sofrem aumento, a carta de crédito também pode ser corrigida e o aumento nas parcelas quase não será percebido.

Pouca burocracia: não existe burocracia para contratar um consórcio, naõ é nem preciso comprovar renda. Somente na hora de resgatar a carta é que precisará fazer as comprovações.

O consórcio par MEI é uma excelente oportunidade para você que precisa investir, mas não tem condições para gasto imediato.

Trata-se de uma maneira sem riscos de conseguir aquilo que almeja, desde que tenha o tempo para esperar.


Tag:

Categorizados em:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.