Como fazer um consórcio para moto usada

Publicado por Jeniffer Elaina da Silva

Como fazer um consórcio para moto usada

Quem não faz questão de ter uma moto zero quilômetros, muitas vezes acaba trocando por uma moto usada. Mas e na hora do consórcio, será que tal escolha é possível? E como funciona? Saiba mais abaixo:

É muito comum vermos as pessoas comprando veículos seminovos ou usados, e isso também ocorre com muita frequência entre as motos. Isso porque, a moto não é um veiculo que costuma se desgastar muito ao longo do tempo. Além disso, quem usa moto para o dia-a-dia não costuma reparar muito nisso.

Porém, na hora do pagamento, escolher uma ou outra pode fazer toda a diferença no momento de desembolsar o dinheiro e notar a diferença de preços. E é nesse instante em que a moto usada começa a chamar ainda mais a atenção.

Como fazer um consórcio para moto usada

Consórcio para moto usada

Indo direto ao ponto, o consórcio para moto usada funciona da mesma maneira que o consórcio de uma moto nova. A principal diferença está no valor da parcela a ser pago, ou então, no tempo de duração do consórcio. Essa opção é bastante viável e utilizada, principalmente por quem não quer gastar muito para comprar um veículo.

Para participar basta procurar uma empresa que faça os consórcios e se cadastrar. Depois, mensalmente, você deve pagar as parcelas e esperar para ser sorteado. Se não for contemplado antes do pagamento da dívida, ao termino o consumidor tem direito de receber o seu prêmio, nesse caso, a moto.

Cuidados ao retirar a moto usada

Por se tratar de uma moto usada, alguns cuidados básicos devem ser tomados como a avaliação dos documentos do veículo. Assim, é possível descobrir se a moto não possui nenhuma pendencia ou problema que possa acabar causando preocupações futuramente.

Conhecendo mais sobre o consórcio de moto usada, dá até vontade de fazer um também, não é mesmo? Por isso, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam dessa opção, e de repente compre suas próprias motos.


Tag:

Categorizados em:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *