Como comprar uma moto por consórcio

Publicado por Dafna Obadia

Está pensando em comprar uma moto e ouviu dizer que o consórcio pode ser uma boa escolha? Então acompanhe este artigo, conheça melhor essa modalidade de crédito e veja como comprar uma moto por consórcio.

Quem nunca desejou ter a liberdade de poder se deslocar rapidamente sobre duas rodas e poupar algumas horas de trânsito na semana?

Todo mundo que depende do transporte público, ou mesmo passa muito tempo preso no trânsito dentro de um carro já cogitou essa possibilidade.

O problema é que nem todo mundo tem condições de comprar uma moto à vista, e em muitos casos, quando esse veículo é parcelado da maneira tradicional, o comprador acaba pagando duas motos ao final do plano.

Se você se enquadra nesse perfil mas a sua disponibilidade financeira é limitada, saiba que existe uma alternativa capaz de se adequar a sua realidade como nenhuma outra.

Estamos falando do consórcio, acompanhe este artigo e entenda melhor como ele funciona e como comprar uma moto por consórcio.

Como comprar uma moto por consórcio

Imagem: Group Seguros

Como funciona um consórcio?

Antes de explicar como comprar uma moto por consórcio, é interessante que você saiba melhor como essa modalidade de compra funciona.

De uma maneira simples, essa é uma modalidade de compra onde um grupo de pessoas com o mesmo ideal de aquisição se reúne para formar uma poupança coletiva.

Esse tipo de serviço é oferecido por administradoras de consórcio que devem ser credenciadas da ABAC – Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio e cumprir todas as regras estabelecidas pelo Banco Central do Brasil.

Todos os meses, uma dessas pessoa é sorteada e contemplada com uma carta de crédito que poderá ser usada para a compra do bem desejado.

Além dos sorteios mensais, também é possível realizar um lance, como em um leilão.

O consorciado oferece um valor e o maior é o escolhido para ser contemplado também com a carta de crédito.

Em ambos os casos, os consorciados contemplados precisam continuar pagando as parcelas mensais acordadas em contrato na adesão do serviço.

É importante dizer que essa modalidade de financiamento não conta com taxas de juros como as demais disponíveis no mercado, no entanto, o consorciado precisa pagar uma taxa administrativa todos os meses.

Com a carta de crédito em mãos, basta escolher o local onde a moto ou qualquer outro bem ou serviço será comprada e informar todos os dados a empresa administradora do consórcio.

A Administradora cuidará de todo o processo de compra do bem e em poucos dias você poderá começar a usufruir do seu bem.

A compra da moto através do consórcio

Para adquirir uma moto através desta modalidade, torna-se imperativo que você escolha a marca e modelo que melhor se adequa às suas necessidades e interesses.

É importante que faça uma pesquisa de mercado aprofundada e reflita bem antes de se decidir pelo veículo, de modo a evitar problemas e desagrados futuros.

Feito isto, é necessário que você então escolha uma administradora de consórcio responsável e idônea, para que assim, além de contar com as melhores condições você também evite problemas futuros relacionados ao seu crédito.

A melhor maneira de fazer isso é buscando indicações de pessoas conhecidas, mas se esta não for uma opção para você, você pode fazer uma pesquisa na internet, verificando o que os atuais e ex consorciados dessa administradora tem a dizer sobre a empresa.

Uma das maneiras de conseguir essas informações é através do site Reclame Aqui.

Atualmente, algumas administradoras contam com a possibilidade de enviar até a residência das pessoas interessadas, um vendedor capacitado para solucionar todas as dúvidas sobre a contratação do serviço.

Mas se você preferir, é possível contar com empresas e sites como o nosso, que fornece todas essas informações online, de uma maneira rápida e eficiente.

Depois de escolher o modelo da moto, a empresa, o plano de pagamento você assina um contrato e passar a possuir uma cota, daí em diante você deverá sempre pagar as mensalidades em dia e participar de todas as assembleias mensais.

Vale dizer que é comum em algumas administradoras que a cobrança da primeira mensalidade seja feita no momento da assinatura do contrato, mas essa não é uma regra, então esteja atento às condições de cada empresa e suas disponibilidades financeiras.

Agora você tem uma cota e faz parte de um grupo de consorciados, todos os meses durante a assembleia geral, uma cota será sorteada para ser contemplada, inclusive a sua.

Que poderá ser sorteada entre o primeiro e o último mês do plano de parcelamento escolhido por você.

Caso você tenha um dinheiro guardado e não deseje esperar a sorte, é possível realizar um lance, ele sendo aceito, você deverá pagar o valor ofertado e assim poderá ser contemplado com a carta de crédito.

E não se preocupe, pois, esse valor dado no lance será descontado das parcelas futuras.

Advertências sobre o consórcio para motos!

Embora este método ofereça bastantes vantagens para o cliente, como a ausência da burocracia associada às instituições financeiras tradicionais, é importante fazer algumas ressalvas:

  1. Primeiramente, no caso do sorteio, se você optar por aguardar ser sorteado, saiba que não existe um período médio para que isso aconteça, então, será preciso ter muita paciência.
  2. Outro detalhe importante a ser mencionado é que, o valor da moto se mantém durante todo o processo. Porém, se porventura o valor da moto sofrer um reajuste, o valor das parcelas também sofrerá.
  3. É fundamental deixar claro também que, caso você atrase uma única parcela, não poderá participar do sorteio naquele mês, por isso, é fundamental que você seja disciplinado com os pagamentos.

Regras a seguir ao comprar uma moto por consórcio

Ao optar por comprar uma moto por consórcio, é importante que você tire todas as suas dúvidas.

Então, separamos aqui as regras de consórcio de motos. Veja quais são elas:

  1. Moto nova ou usada

Com a sua carta de crédito em mãos, você poderá optar pela compra de uma moto nova ou usada.

Caso aconteça de o valor da moto escolhida ser menor que o valor da sua carta de crédito, então poderá esse saldo para quitar as parcelas restantes do seu consórcio.

  1. Não é possível receber a carta de crédito em dinheiro

Infelizmente quando se é contemplado não é possível receber a carta de crédito em dinheiro.

O que acontece quando você é sorteado ou dá um lance que é aceito é que o valor da carta de crédito fica disponível para ser usado na compra do bem desejado, mas quem realiza todas as tramitações de compra é a administradora.

Seja com uma concessionária ou com uma pessoa física, caso você opte por comprar uma moto usada.

  1. Você não é obrigado a comprar a moto assim que é contemplado

Ao contrário do que se imagina, você não é obrigado a comprar sua moto assim que for contemplado.

Caso você seja sorteado rápido demais e deseje esperar mais a fim de obter uma melhor oferta em uma moto, você pode esperar até que termino do consórcio para comprar sua moto.

Neste caso, a administradora deverá depositar o valor da carta de crédito em uma poupança.

  1. Pagar outras despesas com a carta de crédito

É possível utilizar até 10% do valor da sua carta de crédito para liquidar dívidas relacionadas a documentação da moto como licenciamento, IPVA e até mesmo o pagamento de um seguro.

Esses são alguns exemplos apenas.

E não se esqueça! A administradora onde você vai adquirir sua moto por consórcio deve ser autorizada pelo Banco Central do Brasil.

Isso faz com que o seu consórcio seja seguro.


Tag:

Categorizados em: ,


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.